domingo, 7 de novembro de 2010

Colocar ordem no caos

Eu gostaria de ser uma pessoa mais centrada. Menos passional, mais organizada, com objetivos que não mudam a cada dois meses. Mas eu não sou. A grande sacada quando você tem esse caos todo dentro de si - e que não raro, transborda - é compreender a sua limitação e agir nisso. É muito difícil, é um trabalho para a vida inteira. Mas estamos caminhando.

Estou escrevendo sobre isso porque ultimamente muita coisa tem acontecido e tenho sentido a necessidade de mais equilíbrio e ordem na minha vida. O que é curioso porque passei a pensar nisso justamente num dos períodos mais agitados e boêmios da minha vida. I'm a walking contradiction, já diria o Green Day.

É porque eu entrei no jornal num trabalho temporário e tinha simplesmente deixado pra resolver minha vida depois da eleição. Mas a vida não espera e felizmente eu continuo tendo um emprego numa área que eu realmente gosto e apesar do medo do desconhecido, estou feliz. Então o que preciso fazer agora é aprender a me organizar e existir no meio de tantos afazeres e, como se não fosse suficiente, essa intensidade do capeta que eu tenho por dentro.

A partir dessa semana começa uma fase nova. Isso vai exigir de mim algumas mudanças, mas sinto-me tranquila em relação a isso. Aos poucos eu vou contando.

2 comentários:

Anônimo disse...

A ordem para o caos pessoal é difícil de conseguir. Acredito que totalmente é improvável. Entendo perfeitamente como é ser assim.

Samara Bezerra disse...

Eu também te entendo e é ótimo saber que não sou a unica que sinto essa confusão interna.
Abraços